sábado, 31 de outubro de 2009

ou tu brina, ou eu brino.

au revoir mês 10
au revoir outubro
mês estranho
com gente esquisita
que quanto mais
eu descubro
mais me irrita.

se bem me lembro
e devo estar certo.
agora começa novembro.
e eu não vou ficar quieto.

e vamos que vamos.
sem dó nem piedade..
ganho do calendário
e chamo ele de covarde.


mas isso não me engana
cedo ou tarde,
ele ainda me ganha.

thiagomonteiro

sábado, 24 de outubro de 2009

tropeços

uma hora
a máscara cai.
pode não ser agora.
nesse haikai.

mas toda menina
que se faz de santa
tem um quê de víbora
que até me espanta.

tira a paz alheia
como se fosse natural
planeja e não titubeia.
e age conforme o mal

vende uma imagem
cândida e recatada
mas logo se vê
que não vale nada.

e muda da água pro vinho,
e do vinho pro vinagre
que quando chega à boca
a ânsia me vem como alarme.


thiagomonteiro

sábado, 17 de outubro de 2009

Vícios e virtudes

Cigarro
que não acalma
bebida
que não embebeda
A todos
que viram a subida,
observem
agora a minha queda.

ás favas
com o blog
à merda
com meus poemas

as palavras
são as raizes
de todos
meus problemas


thiagomonteiro

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

No zoo

animais pelados
por todos os lados
negando seu lado
animal,para o bem
e para o mal

com toda ciência
e tecnologia
omitimos:
ainda não sabemos
amar
no dia a dia..
como sabem os babuinos.

não sei porque
ainda minto.
se somos bichos
guiados
por nossos instintos.


cada um no seu nicho
seja você
brasileiro ou suiço
você ainda guarda
seu resquicio
sua parte bicho.
e não jogue ela no lixo.


você pode precisar..

thiago

darwinismo poético.

:)

me limpo
de todo mal
que pressinto.
regra geral
(pra ser sucinto):
todo relacionamento
quando chega no final
eu me sinto
como uma calça folgada
sem cinto.


thiago

calça caindo ainda anda na moda.