sábado, 23 de janeiro de 2010

wtf

avoid
god.
and His
particularities!

in a world
of parties,
royalities
and ipods..
no offense,
but the only
thing that
makes sense
is pink floyd.

tm

quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Férias

Levando a vida como
quem não quer nada
topando qualquer parada
parando em qualquer topada
como se estivesse sem freio
sem rumo na estrada.
há muito, assumo,
já não creio
em contos de fadas.
a bebida tem sido
minha melhor amiga,
e nossa amizade
quase me afunda.
enquanto isso
vou levando com a barriga
prometendo mudar na próxima segunda.

tm

domingo, 10 de janeiro de 2010

manchete

extra extra
saiu no jornal da cidade
quando o assunto é coração
nem tudo é festa,
nem tudo é farra,
nem sempre é bom.
(é verdade.)
quebro a cara,
e bato a testa,
mas não sou
nenhum marquês de sade.
a única dúvida que
me resta
é se amor
tem prazo de validade?

tm

AKs

um golpe de sorte,
quase ganha o pote.
que sirva de tarefa:
pra mim ou pra você,
a vida quase nunca blefa,
e eu sempre pago pra ver.
mas nem sempre é
a sorte quem dá
as cartas.
esse jogo nem
sempre é uma
ciência exata.
envolve muito
mais do que se pensa,
blefe,tatica,todos
tem um porquê.
agora, você me dê licença
eu vo ali jogar um poker.


tm

sábado, 9 de janeiro de 2010

se você é trendy...

Verdade seja dita:
mulher pra me namorar,
naõ precisa ser bonita;
só saiba se portar.
na minha manias,
sempre fui quieto.
e na minha poesia
gosto de ser discreto.
olha essa lição,
(faça uma cópia):
se o assunto é coração
experiencia própria,
já sei de cor;
quanto menos exposição
fica melhor.
falo o suficiente,
nem menos
nem mais,
quem fala muito, que aguente,
que depois não volte atrás.
eu gosto assim :
reservado
e exclusivo,
e eu nunca precisei
falar muito
pra saberem que
estou vivo.
mas ando vingativo,
esse meu erro me atrasa,
perco meu tempo
e o meu relógio trava.
mas nem esquento:
mando meus erros às favas
pois ainda há muitos
para que eu cometa.
já disse:
sou um homem
de poucas palavras,
porém,de muitas letras.

th.

ode ao só.

estou aqui
e inaguro
esse ano,
cada vez mais
seguro,
se não
me engano.
as vezes fico só,
e olho meu nível,
e digo a mim mesmo
sem dó:
melhor, impossível.

tm