terça-feira, 15 de março de 2011

Dicas da nova

Preciso encontrar um amor novo,
um que não cheire a mofo ou a naftalina
um que me anime diante do povo,
e também aquele que no quarto me anima.
um amor que goze junto, não importa
se for de lado ou se for por cima,
e que aceite carinho em troca,
caso algo qualquer quebre o clima.

Quero dividir cigarros, dividir orgasmos,
dividir pensamento, dividir corações
não quero ela seja perfeita,
mas que aceite minhas imperfeições.
quero que não me evite,
mas sussure que me ama,
quero sim , que ela grite,
quando estivermos na cama.
um amor que não ligue para vizinhos,
rosto oleoso, roncos e outros barulhos.
um amor que receba carinhos
de jeito amoroso e sinta orgulho.

Se você , meu amigo, já achou o tal, não troque-o,
Seja lá a tentação que te faça mal, baralho, meninas, ópio.
A melhor coisa que sobra no final, no máximo, é o amor próprio.


Thiago Monteiro

segunda-feira, 14 de março de 2011

taking a walk on the wild side

trocando o dia pela noite,
dormindo com o sol,
acordando com a lua,
cavando minha cova rasa,
passando mais tempo na rua
do que na própria casa.
tirei as férias para fazer o errado,
o vil, o ilegal e inconcebível.
tudo que nào podia, eu fiz
sempre que possível.
é muito difícil que alguém vença
nos caminhos que enveredo,
neles. os erros foram entrando
sem pedir licença . não
dá nem pra contar nos dedos.
o meu crime até que compensa
mas o bandido se cansou mais cedo.