sábado, 16 de julho de 2011

Peque-nic

por ela eu fico ate baixinho
e olha que eu tento,
pra ter esse beijo bom sabor mentos
vou aonde estiver o carinho
não importa minhas costas
a dor não chega quando faz - se o q gosta
e a altura é de menos
se a vontade é conjunta,
os corpos se ajeitam
e as bocas se querem juntas.
E um dia me disseram
somos do tamanho do que queremos,
isso é um fato, que me desculpem os pequenos
pois nesse quesito somos muito altos,
somos do mesmo tamanho
ainda embora vc de salto e eu abaixando

Tm

sábado, 9 de julho de 2011

air bad trip

minha velha se deleita e se deleta

com todo seu planejamento e meta

perde seus dias e suas tardes

com cvc, tam e pacote de férias.

não ve que tanto quanto meu vício

isso também é uma válvula de escape

uma fuga da realidade como ela me diz

a diferença é que eu perco meu tempo

em brasilia e não imaginando paris.

é fato, não condeno nem julgo, muito menos

subestimo a força do planejamento da vida,

mas adianta encher o tanque de combustivel

se o motor nao dá partida?


tm

domingo, 3 de julho de 2011

com a 9 a tocar

os vinte anos mal começara
e eu ainda exploro a mesma seara
que não rende frutos.
me falam, falam mas ainda não escuto.
a obsessão por estar errado
trilhar o caminho à esquerda
e fazer muita merda, claro, ainda é um hábito.
as olheiras, o mal hálito, o cansaço,
me provam todo dia que eu não sou de aço
e embora nunca pretendi sê-lo
mal não faz adotar um pouco de zelo.
a preguiça com a rebeldia inata
traz a mim uma boa dose de problemas,
e se essa combinação ainda não mata
o diagnóstico já aponta um enfisema.
e como medico de mim mesmo,
graduado na vida, com residência na rua,
recomendo 2 maços de cigarro,
alguns litros de uísque e duas mulheres nuas.
isso deve resolver - penso -
e se disso eu morrer, tragam as flores,
enxuguem as lágrimas no lenço,
e dêem de costa, pois aqui jaz um homem
que morreu fazendo o que gosta.
Já quando almejo me tornar um buda,
a possibilidade logo me parece absurda
e já apresento na face um sorriso terno,
sei que a melhor vista do paraíso,
sempre foi a do inferno.

TM